Imagens

19.7.16

DEIXEI ESFREGAR E NÃO AGUENTEI

Meu nome é Camila tenho 23 anos e tudo aconteceu quando eu tinha acabado de completar 19 anos, sou branca, cabelos castanhos bem claros, quase louros, olhos castanho claro e um corpo muito bonito, pelo menos todos dizem. Eu na época era estagiária em uma empresa e o meu chefe chamava Marcos, era uma pessoa muito legal, inclusive foi ele quem me ensinou todo o serviço, ficamos muito amigos, pois ele tem uma filha um ano mais nova que eu e que mora com a mãe dela em outra cidade, pois ele tinha na época 34 anos e essa filha foi fruto de um namoro quando ele tinha uns 19 anos. No início era um relacionamento de colegas de empresa mas depois de um certo tempo fomos criando uma amizade muito bonita, até trocávamos DVD’s e CD’s , acho que ele se apegou a mim por lembrar da filha, pois ela era até um pouco parecida comigo, principalmente na altura 1,70 mts. Teve um dia, véspera de um feriado prolongado, eu tinha que protocolar alguns documentos no fárum e estava chovendo muito e o Marcos que estava de saída falou que me levaria até lá. Fomos até o fórum e na volta ele falou que iria no dia seguinte visitar a filha e que tinha comprado várias roupas para ela e que estava morrendo de saudades. Ao passar em frente da sua casa ele parou e disse que precisava pegar um talão de cheques lá dentro e falou para mim entrar pois não queria me deixar dentro do carro com as janelas fechadas por causa da chuva. Na hora fiquei com receio de entrar, mas ele falou tão calmo que acabei entrando com ele.
Estava na sala aguardando quando ele me chamou até o quarto para mostrar as roupas que tinha comprado para a sua filha, e eu fui olhando e admirando, pois eram roupas muitos bonitas, tinha blusas, vestidos, algumas saias e até um biquíni, mas eu disse que algumas peças me pareciam pequenas e que poderia não servir nela. Ele ficou olhando e concordou comigo e ai me pediu se poderia experimentá-las, pois o meu manequim era praticamente idêntico ao dela... Eu na hora falei que não, que não ficaria bem, pois estávamos apenas os dois ali e eu não usava algumas daquelas roupas... (Naquela época frequentava por exigência dos meus pais uma igreja evangélica e sá usava saias) ... ele falou que não me olharia e que era apenas para experimentar e dizer qual serviu e qual ficou larga ou apertada... eu acabei cedendo e ele saiu do quarto e encostou a porta e ficou no corredor me perguntando se tinha ou não servido e eu ia experimentando as roupas, até que coloquei um shortinho que ficou bem apertado, entrando bastante no meu bumbum, fiquei me olhando num grande espelho que tinha na parede e naquela hora eu estava apenas com o short e de sutien... fiquei completamente vermelha ao me olhar, eu tava constrangida e ao mesmo tempo excitada em me ver daquele jeito. Quando eu tirei o short faltava apenas um biquíni de laçinho para experimentar, por pudor achei melhor não colocar aquela peça, coisa que aliás nunca tinha usado, mas a curiosidade falou mais alto e tirei o sutien e coloquei a parte de cima, mas a parte debaixo coloquei por cima da calcinha... me olhei no espelho e achei que ficou estranho pois a calcinha era bem maior que o biquíni e não dava para ter uma idéia de como realmente ficaria... a excitação falou mais alto e então tirei a calcinha e pus o biquini... e ao olhar no espelho me senti poderosa, nunca tinha visto o meu corpo assim por inteiro, pois em casa não tem espelhos grandes, virei de costas e vi o meu bumbum completamente exposto, estava ficando mais vermelha ainda.. parece que todo o sangue do meu corpo concentrou no meu abdômen... achei que estava indo longe demais e resolvi tirar aquela peça, tirei a parte de cima e quando fui tirar a parte de baixo o Marcos abriu a porta do quarto e perguntou o que estava acontecendo.. sá deu tempo de cobrir os seios com as mãos e ficamos parados um olhando para o outro... ele gaguejando me pediu desculpas mas não tirava os olhos do meu corpo e eu completamente imável sem saber o que fazer acabei virando de costas para ele... ele tentou ser natural e me perguntou se o biquíni tinha servido, no que respondi também gaguejando que era muito pequenininho... ele chegou perto de mim e foi olhando o meu bumbum e disse que o modelo que era daquele jeito... foi chegando mais perto e sentou na cama bem práximo de mim, pediu para que eu virasse de frente para ver se tinha algum defeito e eu morrendo de vergonha mas sem saber lidar com a situação acabei virando e percebi que ele grudou os olhos em mim... nem olhei para baixo pois sabia que ele tava vendo parte da minha intimidade, pois como na época não me depilava, boa parte dos pelos de minha vagina estavam saindo pela lateral do biquíni.
Ele disse que tinha um fiozinho na lateral e se podia tirar...nem respondi sá senti o seu dedo tocando em minha virilha e ir puxando o tal fiozinho, mas depois que ele tirou o fiozinho ficou passando os dedos bem de levinho nos meus pelinhos... fui ficando completamente sem sentidos, não sabia se deixava ou se parava de vez com aquilo, foi quando ele me puxou um pouquinho mais para perto e deu um beijo em meu umbigo e foi dando beijinhos em toda a minha barriga e foi subindo bem devagar até chegar nos meus seios que estavam protegidos pelas minhas mãos... ele foi beijando minha mão esquerda e foi devagarinho colocando a lingua entre meus dedos e eu fui afrouxando e deixando até ele encostar a ponta da língua no biquinho... nossa que sensação maravilhosa... ele ia lambendo bem devagarinho e eu ia cada vez mais abrindo os dedos até que deixei o seio todo exposto ele foi chupando bem gostoso... perdi todo o pudor e compostura e acabei pegando o pescoço dele e puxando para o meu seio como se quisesse que ele engolisse... e ele foi alternando entre os dois seios, hora chupava um hora outro e eu ali toda entregue até que ele me puxou e me fez sentar com as pernas abertas sobre a suas coxas, pois ele tava bem na beirinha da cama e continuou a chupar os meus seios... passou uns cinco minutos e olhei para o lado e vi pelo espelho que ele tava sem camisa, nem percebi ele tirando, e pedi para ele parar pois estava indo longe demais, mas ele me deu um beijo na boca e falou que eu também tinha o direito de ver ele pelo menos de sunga, pois ele tinha me visto de biquíni e que isso não era justo... na hora disse que não e sai do colo dele mas ele rapidamente tirou as calças e ficou ali somente de sunga e com um negácio bem duro e grande por baixo dela... tentei pegar as minhas roupas mas ele me puxou novamente e me fez sentar em suas coxas de frente para ele, na mesma posição anterior, de pernas bem abertas e quase encostando minha bucetinha naquele negácio duro... tentei novamente me desvencilhar mas quando ele pôs um dos seios na boca a minha resistência foi para o espaço... deixei ele ir chupando e ele foi lentamente me puxando para perto do seu corpo e quando senti o contato do seu pau em minha bucetinha mesmo por cima da sunga e do biquíni quase desmaiei... ele foi deitando e me puxando para cima de seu corpo e eu como que por extinto comecei a me esfregar em seu pau... nossa como tava bom... fui me esfregando... esfregando... e senti que tava com a buceta completamente ensopada quase gozando pela primeira vez na vida... foi quando percebi que ele tinha abaixado um pouco a sunga e eu estava esfregando nele protegida apenas pelo biquíni... na hora até quis parar mais como já tava quase gozando acabei deixando e me esfreguei com mais força ainda e quando menos espero ele desamarrou as laterais do biquíni... fiquei novamente sem ação e parei, mas ele rapidamente ergueu a cabeça e abocanhou um dos seios e então comecei novamente a ir pra frente e pra trás naquele pau e o biquíni aos poucos foi descendo e ai sim senti pela primeira vez o contato direto daquela carne dura e quentinha na minha bucetinha ... fiquei alucinada e comecei a me esfregar quase que com violência naquele pau estava tão bom que quase não ouvi ele me pedindo para que eu abrisse a bucetinha um pouquinho pois os meus pelos estava machucando um pouco o seu pau... ai com os dedos pequei os lábios de minha buceta abri ao máximo e sentei novamente naquele pau... ficou muito mais gostoso pois deslizava mais fácil e o prazer ficou ainda maior... quando ele percebeu que eu tava quase gozando fez com que eu parasse e puxou o meu corpo um pouco para cima e segurou o seu pau e encaixou a cabeça bem na entradinha da minha buceta... na hora disse que não pois era virgem e que sá deixaria ele esfregar... mas ele foi insistindo e pedindo para colocar apenas a pontinha pois na posição que estávamos eu quem comandaria tudo... comecei então a por e tirar bem devagarinho a cabeçinha dentro da minha bucetinha... quando eu colocava sentia uma dorzinha e tirava novamente... cada vez que eu colocava sentia entrando mais um pouquinho, mas quando sentia a dorzinha tirava novamente, fui fazendo isso por vários minutos e a dorzinha ficava cada vez menor, pois o meu hímen foi acostumando com aquelas investidas e foi laçeando.. até que ele disse que ia gozar pois não tava aguentando...
e eu sem medir as consequências, pois não tomava nenhum remédio, acabei deixando a cabeça do pau bem dentro e quando senti o primeiro jato de porra comecei a gozar também e acabei descendo o corpo para baixo engolindo todo o seu pau... foi uma sensação maravilhosa... quando encostei os meus pelos no dele ainda estávamos gozando e eu ia sentido jatos e jatos de porra entrando bem no fundo de minha buceta. Quando terminamos de gozar cai desfalecida em cima dele, a dor da penetração não chegou nem perto do prazer que senti, não tinha forças nem para me erguer... quando eu sai de cima dele um rio de porra misturado com sangue saiu de dentro de mim... não acreditei que tinha deixado ele me descabaçar e ainda ter deixado gozar dentro. Fiquei completamente desorientada, mas ele foi tão carinhoso que nem pensei mais nas consequências. Graças a Deus não engravidei e comecei a tomar remédio escondido dos meus pais, pois depois dessa primeira vez acabei saindo direto com o Marcos, estamos noivos há dois anos e foi ele que me ensinou tudo sobre sexo... engolir a sua porra eu já fiz um monte de vez e até dar a bundinha para ele eu já dei, aliás eu adoro quando ele come meu cuzinho e na hora de gozar ele tira e goza dentro da bucetinha... é muito gostoso... espero que tenham gostado